Análise preditiva financeira: o que é, onde vive e o que come! – Parte I

analise preditiva financeira

Análise preditiva financeira … para muitos apenas o nome já pode assustar. Mas ela é indispensável para sua empresa. Quer saber por quê? Confira a seguir as vantagens desse processo para a sustentabilidade financeira e crescimento das empresas.

Por que a análise preditiva é tão importante?

 

Análise preditiva é um assunto cada vez mais recorrente e necessário quando o tema é gestão. Quem dirá em um contexto de transformação digital e enorme fluxo de dados.

 

O estudo da Administração, desde suas escolas clássicas, tem extrema preocupação com a busca pela eficiência e eficácia, e por maneiras de controlar as variáveis que afetam uma organização. Não só isto: acreditavam em um modelo de gestão em que a organização era bastante sistemática e controlável.

 

No entanto, as teorias da Administração Contemporânea problematizam esse tipo de visão. Os pensamentos contemporâneos escancararam: a organização é influenciada por um enorme conjunto de variáveis, e está inserida em um ambiente que a manipula e vice-versa.

 

A busca por eficiência, eficácia e maiores margens de lucro, no entanto, não cessou.

 

Novas questões e condições surgiram: Como controlar as variáveis caóticas envolvidas no contexto das empresas? Como as organizações podem manipular o enorme conjunto de dados, informações e variáveis a seu favor?

 

Este é o grande desafio das empresas, e o trabalho de analistas e gestores: buscar ferramentas e práticas adequadas para manipular o enorme conjunto de variáveis que envolvem as empresas, e, com isso, conquistar os objetivos da empresa, melhores desempenhos e maior rentabilidade.

 

Onde entra a análise preditiva? Bem no coração disso tudo. A análise preditiva é um processo indispensável para as empresas. Em plena era dos dados abundantes, essa ferramenta representa um meio de instrumentalizá-los para conquistar vantagens competitivas no mercado.

 

Continue acompanhando nosso artigo para entender melhor todos os benefícios deste processo!

 

Mas afinal, o que é análise preditiva financeira?

 

Análise preditiva é um processo de análise de dados a fim de prever tendências, padrões, comportamentos para extrair insights e tomar decisões.

 

Não estamos falando de prever o futuro como um guru. É exatamente o contrário: análise preditiva é essencialmente pautada em dados, não em achismos.

 

Veja também:  É necessário declarar reembolso de viagens a trabalho no IR?

Realizando este tipo de análise, não teremos como resultado uma previsão exata do comportamento de variáveis ou do que vai acontecer. Teremos possibilidades mais prováveis, que podem embasar decisões e torná-las mais assertivas.

 

Análises preditivas são comumente difundidas na área de Marketing e norteiam grande parte das pesquisas de mercado e comportamento do consumidor. Aqui, vamos enfatizar mais outro campo de aplicação deste processo – a área financeira.

 

Assim, a análise preditiva financeira é o uso de análise de dados para prever o comportamento de indicadores e estabelecer cenários relacionados à gestão financeira de um negócio.

 

Vantagens da análise preditiva financeira

 

A análise preditiva financeira oferece uma série de benefícios para o desempenho global de uma empresa. Confira alguns!

 

1- Decisões mais assertivas

 

A análise preditiva é uma prática que essencialmente promove preparo. Uma vez que você coleta uma série de dados e extrai informações a partir deles, você toma maior conhecimento sobre determinado(a) contexto, situação,variável, ou comportamento.

 

Isto significa que você terá maior embasamento para tomar decisões em diferentes situações do seu trabalho, e elas devem ser mais assertivas.

 

A análise preditiva é ideal para que se construa cenários futuros diversos, e é este exercício de montar possibilidades realistas que promove maior preparo para tomar decisões, e também maior facilidade para lidar com os acontecimentos e influências de variáveis na organização.

 

2 – Base para plano de contingência

 

Oferecendo preparo e informações sobre os possíveis cenários futuros, a análise preditiva também contribui para lidar com riscos. Aliás, primeiramente para reconhecê-los.

 

Um plano de contingência é uma série de ações estabelecidas para que uma empresa se recupere em situações adversas. Ele é criado com base nos riscos previstos nas análises, e é muito importante para a resiliência de uma organização.

 

3 – Otimização do processo orçamentário

 

O orçamento é um dos itens mais importantes para a saúde financeira e sustentabilidade de uma empresa.

 

É com base nele que se prevê receitas e gastos em um período, e observa-se a verba disponível para atividades, investimentos, etc.

 

Veja também:  Reembolso de despesas: você está cumprindo a lei?

A análise preditiva financeira está intrinsecamente ligada a ele, à medida que estabelece a análise de indicadores e tendências que irão impactar o processo orçamentário.

4 – Otimização do controle financeiro

 

Uma das bases da análise preditiva financeira é a definição e monitoramento de KPIs (Key Performance Indicator), como veremos mais a fundo no próximo artigo da série.

 

Esses são os indicadores fundamentais a serem monitorados, de acordo com os objetivo de análise que foram determinados.

 

Definir indicadores financeiros, monitorá-los e analisá-los aprimoram o controle na empresa, tanto por exigir maior organização, quanto por fornecer maiores informações sobre a gestão financeira.

 

Esta é uma grande vantagem da análise preditiva financeira, à medida que melhorar o controle financeiro é uma das 10 práticas essenciais para otimizar a gestão financeira.

 

5 – Saúde financeira

 

Ao auxiliar a estabelecer um processo orçamentário preciso e controle financeiro rígido, não resta dúvidas que a análise preditiva financeira impacta diretamente na saúde financeira da empresa.

 

Como pudemos observar, é um processo essencial para verificar a sustentabilidade do negócio a longo prazo e mais que garantir sua sobrevivência, promover crescimento.

 

6 – Vantagem competitiva

 

Um clichê de gurus vale parcialmente para a análise preditiva financeira: se você prevê algo, você está um passo à frente. Mas nesse caso, só com uma perna à frente.

 

A análise preditiva vai otimizar a organização de diversas maneiras, mas isso não significa que realizá-la será sua vantagem competitiva garantida.

 

Ela representa, na verdade, uma excelente ferramenta para alcançá-la.

 

Este tipo de análise serve como ferramenta para prever os mais diversos cenários futuros, fornecendo insights para as tomadas de decisão na empresa.

 

É com um processo de análise preditiva financeira bem estruturado e confiável que as decisões poderão ser mais assertivas e estabelecer vantagem competitiva.

 

Curioso para saber como realizar uma análise preditiva financeira em sua empresa?

 

O que é necessário para isso e o papel da tecnologia neste processo é o que você vai conferir no próximo artigo: Análise preditiva financeira parte II: como implantar em sua empresa!

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinby feather

Sobre Marcela Rucireta

Graduada em Administração pela FEA-RP/USP, trabalho com gestão de projetos e performance em marketing digital, e produção de conteúdo sobre gestão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *