extravio de bagagem

4 minutos de leituraExtravio de bagagem: o que o viajante corporativo deve fazer?

Extravio de bagagem, perder voo, são algumas das situações mais chatas pela qual um viajante corporativo pode passar.

Se sua bagagem foi extraviada, mantenha a calma. Confira a seguir o que você deve fazer e saiba também como evitar esse tipo de situação!

Extravio de bagagem: o que fazer quando acontece?

Você tem seguro viagem? Caso tenha, pode ser que o seu seguro tenha cobertura para extravio de bagagem e inclua o serviço de localização de bagagem.

Nesse caso, cheque se o seu seguro cobre esse tipo de situação e entre em contato com a seguradora – que vai se responsabilizar sobre o assunto e auxiliar nos processos burocráticos para localização de bagagem.

Se você não tem seguro de viagem e comprou as passagens com um cartão de créditoverifique se sua operadora possui cobertura para extravio de bagagem.

Caso você não tenha nenhum auxílio para lidar com o extravio de bagagem, siga as próximas instruções.

Dirija-se ao balcão da sua companhia aérea e registre o extravio de bagagem

Primeiramente, procure o balcão da sua companhia aérea no desembarque. Lá, você deve notificar sobre o extravio de bagagem e irá preencher um documento relatando sobre isso.

Lembre-se de ter em mãos o seu comprovante de despacho de bagagem – que é necessário para fazer a reclamação.

É importante realizar esta reclamação por escrito para que você tenha um documento sobre o extravio de bagagem.

Caso a companhia aérea se recuse a fornecer o documento, você deve realizar um boletim de ocorrência policial (BO) no aeroporto. Além disso, pode também registrar o caso na ouvidoria da companhia aérea e falar com a ANAC para reclamar sobre a companhia e solicitar mais informações.

Você tem direito a indenização enquanto estiver sem sua bagagem

Aguarde enquanto a companhia aérea tenta localizar a sua bagagem.

Caso ela não seja devolvida de imediato, você tem direito a solicitar uma indenização para compra de itens de primeira necessidade.

Essa indenização perdurará enquanto você estiver sem a sua bagagem – desde que você esteja fora de onde vive.

Os limites diários dessa indenização irá variar conforme a companhia e o tipo de vôo. É importante que você apresente os comprovantes de compra para a companhia, que deve ressarci-lo em até 7 dias.

Atente-se aos prazos para a devolução de sua bagagem

Conforme regulamentação da ANAC, o extravio de sua bagagem pode perdurar por no máximo 7 dias nos voos nacionais e 21 nos voos internacionais.

Caso seja encontrada, será devolvida ao endereço que você informou à companhia aérea. Se não for localizada, você deverá receber indenização em até 7 dias – sendo esta variável.

É válido saber que a indenização por extravio de bagagem em viagens internacionais não é mais regulada pelo código de defesa do consumidor.

Em decisão feita em 2017, pelo STF, esse tipo de conflito deve ser resolvido conforme as normas de convenções internacionais sobre o tema, como as convenções de Varsóvia e Montreal.

Assim, nesses casos, as companhias são obrigadas a indenizar somente pelos danos materiais e não por danos morais também.

Notifique sua empresa

É importante que sua empresa esteja a par das situações que podem afetar os compromissos da viagem corporativa.

Veja também:  Saiba tudo para evitar o jet lag em viagens a trabalho!


Não esqueça de notificá-la sobre o que aconteceu e sobre o andamento do processo.

O que fazer caso sua bagagem venha danificada ou seja furtada

Procure a companhia aérea também para relatar por escrito que sua bagagem está danificada. Você pode fazer isso em até 7 dias após o recebimento da bagagem. No entanto, quanto antes, melhor.

O processo é semelhante. A empresa deverá reparar os danos ou substituir a bagagem. Caso ela tenha sido violada, deverá pagar indenização mediante a comprovação do dano.

Nos casos de furto, as instruções são semelhantes. No entanto, registre também um BO.

extravio de bagagem

Extravio de bagagem: como evitar

O extravio de bagagem pode ser um infortúnio ainda maior para os viajantes corporativos – uma vez que costumam ter uma agenda pré-estabelecida e esses contratempos podem perturbá-la.

Para amenizar o risco de extravio de bagagem e seus efeitos em suas viagens a trabalho, existem alguns cuidados a serem tomados. Confira as dicas a seguir!

Leve seus itens indispensáveis e importantes na bagagem de mão

Documentos importantes, notebook, outros itens de maior necessidade em sua viagem e itens de valor devem ser levados em sua bagagem de mão.

Assim, caso o extravio de bagagem ocorra, seus compromissos não serão tão fortemente prejudicados.

Informe-se sobre qual deve ser o peso e altura da sua bagagem de mão, conforme seu voo. Além disso, as companhias costumam fornecer orientações sobre que tipo de objeto é indicado levar na bagagem de mão, portanto, informe-se sobre isso também.

Tenha um seguro viagem

O seguro viagem pode ser essencial nas viagens corporativas – agregando em segurança, economia de dinheiro e tempo à longo prazo, além de reduzir dores de cabeça com infortúnios nas viagem.

Diversos seguros incluem o serviço de localização de bagagem, em que o viajante não precisa cuidar pessoalmente de todo o processo.

Nosso artigo sobre as vantagens de seguro viagem para viajantes corporativos e sobre como escolher um seguro ideal pode te auxiliar nesse tema.

Chegue com antecedência ao aeroporto

Fazer o seu check-in muito próximo ao horário do seu embarque pode ser uma das situações que favorecem o extravio de bagagem. Por isso, organize-se para chegar com tempo ao aeroporto.

Evite voos com conexões muito próximas em horário

A troca de aeronave muito apressadamente pode aumentar o risco de extravio de bagagem.

Nesse caso, é interessante que você não compre passagens com conexões com horários muito próximos de desembarque e embarque.

Guarde bem seus itens e identifique sua bagagem para evitar outros problemas com a bagagem

Segundo titular de operações da Gerência Geral de Ação Fiscal da Anac, os roubos de itens em bagagens costumam ocorrer rapidamente. Por isso, coloque os itens de maior valor ao fundo da mala. Além disso, cadeados podem ser úteis para dificultar furto de bagagem.

É comum que haja bagagens parecidas, por isso encontre alguma maneira de identificá-la facilmente – para não correr o risco também de troca de bagagem.

Como foi sua experiência?

Passou por alguma experiência desagradável relacionada à sua bagagem em sua viagem corporativa? Como lidou? Conte nos comentários!


Confira outras dicas úteis para viajantes corporativos em nosso blog e conheça o Vexpenses, nosso aplicativo para facilitar a rotina de prestação de contas e reembolso do viajante corporativo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *