metodologia ágil

5 minutos de leituraMetodologia ágil: como garantir vantagem competitiva para sua empresa

Você já deve ter ouvido o termo metodologia ágil pelos corredores corporativos. Também conhecido como gestão ágil ou gerenciamento ágil, esses termos vêm ganhando popularidade principalmente em relação à gestão de projetos.

Trata-se de um método moderno de gestão, capaz de aumentar a produtividade, otimizar o tempo de produção e gerar mais valor para o produto.

Mas você sabe do que realmente se trata a metodologia ágil e porque ela tem ganhado tanta fama?

Neste post iremos explorar juntos um pouco mais essa ferramenta de gestão, além de avaliarmos os benefícios que a adoção dessa metodologia pode proporcionar para sua empresa.

Afinal, qual a diferença entre a metodologia tradicional e a metodologia ágil?

Essas duas metodologias se diferem tanto em sua forma de estruturar os projetos, quanto na forma de entregar o produto ao cliente.

Apresentaremos aqui as principais características adotadas por cada método, para que você seja capaz de entender a diferença de ação entre as duas metodologias de gestão.

Método tradicional de gestão

O método tradicional de gestão de projetos se baseia no guia PMBoK (Project Management Body of Knowledge). Neste guia de boas práticas são propostas 10 áreas de gerenciamento que regularão todo o projeto, deixando registrado os padrões de gestão que devem ser adotados.

Essas áreas consistem em: integração, escopo, tempo, custo, qualidade, pessoas, comunicação, riscos, aquisições e partes interessadas.

O método guiado pelo PMBoK determina que hajam papéis e responsabilidades bem claros, limites de atuação de cada stakeholder e transparências nas comunicações. Os colaboradores costumam receber tarefas ou metas, porém não participam das definições dessas atividades.

Além disso, a principal característica do método tradicional é acreditar que apenas quando o produto está pronto em sua totalidade é que este gerará valor para o cliente. Assim, o valor dos projetos que utilizam essa metodologia de gestão é determinado logo na etapa do escopo. Ou seja, qualquer valor decorrente de alterações significativas não está previsto no custo do projeto.

Essa rigidez na determinação das etapas e custo do projeto não permite que ocorram ajustes no decorrer do processo, uma vez que a padronização do gerenciamento não permite desvios.

Essa característica é uma das grandes desvantagens da metodologia tradicional hoje em dia, afinal os ambientes de negócios estão cada vez mais dinâmicos e essa rigidez na gestão se opõe a essa tendência. As consequências são aumento no tempo de entrega do produto, o que pode até mesmo torná-lo obsoleto no momento da entrega, e aumento dos custos do projeto.

Método de gestão ágil

Como alternativa ao método tradicional, surgiram as metodologias ágeis. Essas metodologias não seguem um guia único e específico, mas possuem características comuns. Destacam-se pelo dinamismo, participação de toda a equipe e, claro, o tempo de produção reduzido.

Veja também:  Inovações tecnológicas: quais cuidados tomar ao implantá-las na minha empresa?

Entre os métodos ágeis mais famosos estão o Scrum, Lean e o Kanban. Aqui no VExpenses costumamos utilizar o método Scrum em nossas equipes.

Basicamente essas metodologias dividem o desenvolvimento em ações contínuas ocorrendo em diferentes frentes, o que chamamos de iterações, formando vários ciclos. Cada ciclo tem duração de uma ou mais semanas, terminando com a entrega de um mínimo produto viável (MVP).

O MVP, entregue ao final de cada ciclo, nada mais é que o produto contratado sem estar finalizado, mas contendo funcionalidades suficientes para receber feedbacks do cliente e gerar valor ao negócio dele. A produção do MVP permite que alguns aspectos do produto sejam priorizados antes de outros.

Dessa maneira, no início de cada ciclo as mudanças de requisitos podem ser monitoradas, minimizando os riscos e custos do projeto.

Além disso, na metodologia ágil não há a figura do gestor do projeto, que costumava ser responsável pelo gerenciamento das equipes na metodologia tradicional. As equipes formadas são, agora, auto gerenciáveis. O que é uma das principais características responsáveis pela otimização do tempo na gestão ágil.

metodologia ágil

Em resumo, a gestão ágil se destaca por ter uma estrutura de projeto mais flexível, permitindo a incorporação de sugestões externas que agregam mais valor ao produto.

É importante lembrar que, muitas vezes, o cliente não sabe exatamente o que quer quando requisita o projeto. Contar com uma estrutura flexível fará toda diferença em situações como essas.

Quais os benefícios da metodologia ágil para minha empresa?

Agora que já exploramos um pouco de cada método, você deve ter percebido que a metodologia ágil possui algumas características que se sobressaem à metodologia tradicional, não é mesmo?

Mas agora, vamos explorar esses benefícios de maneira mais específica e detalhada. Reuni aqui os principais benefícios da gestão ágil, dá uma olhada:

Redução de custos

A cultura de trabalhar com pequenas entregas (MVP) ao final de cada ciclo é a principal responsável pelos baixos custos de um projeto gerido sob a metodologia ágil.

Quando as equipes são capazes de colher o feedback dos clientes e, com base nele, fazer alterações no projeto, elas também são capazes de fazer ajustes nos custos das próximas etapas.

Além disso, os feedbacks constantes evitam que ocorra retrabalho da equipe, proporcionando uma maior adaptação às expectativas do cliente o que previne gastos desnecessários.

Outro diferencial é que, nos métodos ágeis, seu cliente é quem escolhe o que deve ser priorizado na entrega. Isso possibilita que o cliente escolha, primeiro, as funcionalidades do produto que serão mais valiosas para seu negócio. Como consequência, o retorno sobre investimento (ROI) começa a aparecer muito mais rápido.

Redução de riscos

Como já sabemos, os ciclos que compõem a estrutura dos métodos ágeis permitem que as equipes tenham um maior controle sobre as mudanças do projeto. É exatamente esse controle que diminui as probabilidades de que o desenvolvimento do produto saia do rumo previsto.

Veja também:  10 dicas para reduzir custos na sua empresa

Já que as equipes nas metodologias ágeis são auto gerenciáveis, a responsabilidade é coletiva. Isso permite que qualquer membro da equipe seja capaz de identificar os riscos a qualquer momento, e que a equipe trate esses riscos com prioridade no próximo ciclo.

Assim, os riscos são detectados e tratados com muito mais rapidez, ganhando vantagem competitiva sobre a gestão tradicional. Além disso, essa dinâmica te possibilita oferecer um produto de alta qualidade para o seu cliente, uma vez que os problemas podem ser identificados e resolvidos com facilidade.

Melhora a produtividade da sua equipe

Trabalhar com equipes multidisciplinares e auto gerenciáveis, como ocorre dentro das metodologias ágeis, faz com que todos os membros da equipe tenham voz ativa e possam contribuir para a tomada de decisões.

Com as responsabilidades descentralizadas, cada membro da equipe fica responsável e responde igualmente por cada etapa do projeto. Os colaboradores sentem-se, então, estimulados a assumir o protagonismo e cumprir os desafios que surgem no processo.

Além disso, essa coletividade faz com que cada membro da equipe desenvolva melhor suas habilidades, e colaborem para otimizar as soluções de problemas do projeto.

Outro ponto que beneficia a produtividade da equipe são as pequenas entregas no fim de cada ciclo. Elas exigem que os colaboradores apresentem resultados regularmente, e, assim, impulsionam o aumento do foco da equipe durante a produção.

Aumenta a satisfação do cliente

Outra vantagem oferecida pelas entregas incrementais e comunicação consistente é o ganho de qualidade na experiência do cliente com a sua empresa.

Isso ocorre porque a ansiedade do cliente é reduzida a partir do momento que ele consegue ver, através das entregas palpáveis, que o projeto está evoluindo. Além do mais, esse sistema também o permite participar ativamente de todo o desenvolvimento através dos constantes feedbacks.

O aumento da satisfação do cliente também tem a ver com o cumprimento de questões fundamentais, como prazos e orçamento, e a capacidade de se adaptar às necessidades que ele apresenta.

É assim que você conseguirá garantir a manutenção de um cliente motivado, engajado e que te indicará para outros potenciais clientes.

Agora que você já sabe quais as vantagens que a gestão ágil proporciona para sua empresa, experimente implementá-la e depois nos conte sobre as melhoras que você conseguiu alcançar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *